domingo, 21 de agosto de 2011

A MTV salvou minha vida

Estava eu, com uns 14 anos de idade, assistindo televisão.
Perdendo meu tempo, rolando pelos canais, torcendo para encontrar algo interessante (ironia), cheguei à MTV. Passei boas horas assistindo ao programa do João Gordo, rindo de toda a inutilidade de Fudêncio, e conhecendo músicas horriveis da cultura mainstream (Sério, quem ainda ouve Sean Kingston?). Quando, de repente, a tela fica preta e uma bela mensagem em branco surge: "Deligue a televisão e vá ler um livro"

Como era de se esperar, obedeci. Afinal, televisão é lei.
Desliguei a televisão e abri um velho livro de Lia Neiva "Reis, Viajantes e Vampiros - Aventuras ao redor do mundo". Passei o resto da noite me afundando em histórias do Prisioneiro da máscara de ferro, Robinson Crusoé, Simbad - O marújo, Conde Drácula e Rei Arthur.

Desliguei a televisão, e li um livro.
Nunca mais liguei a televisão outra vez.


Obrigado, MTV

2 comentários:

  1. Caralho, rápido e sensacional!

    "Como era de se esperar, obedeci. Afinal, televisão é lei."

    ResponderExcluir